fbpx

Pessoal, existem atualmente na medicina inúmeras opções não invasivas para retardar o inevitável envelhecimento da pele e atenuar os sinais da idade que vão aparecendo.

Ainda não há um único tratamento eficaz para todas as alterações que ocorrem com o passar dos anos. Além disso, hoje em dia não tratamos rugas ou sulcos isoladamente, nós analisamos a face globalmente para um fazer um tratamento tridimensional, buscando o equilíbrio do rosto.

Costumamos nos referir aos pilares desses tratamentos rejuvenescedores como os “4 Rs”.

Vamos falar sobre cada um:

 

✨RELAXAR✨

Suavizar o movimento da musculatura do rosto com a famosa toxina botulínica é etapa fundamental para ajudar nas linhas de expressão, que vão ficando cada vez mais marcadas e fundas com o tempo.

Isso significa ficar artificial? Sem expressão? Não, de forma alguma!

Tem idade para aplicar? Não, assim que as linhas começam a vincar na pele já é legal fazer (nada de esperar demais, hein? As linhas que já marcam muito já não saem totalmente com o Botox)

Dura pouco? Infelizmente sim, de 3 a 4 meses (em alguns felizardos, 6 meses).

O Botox como eu gosto de fazer deixa aquele ar, leve, natural, mais relaxado, preservando as expressões naturais. Geralmente é o procedimento de entrada no mundo dos procedimentos dermatológicos!

 

✨RENOVAR✨

A pele com o passar dos anos vai ficando mais manchada (principalmente para quem não usa protetor solar ), sem brilho e sem viço, com linhas e poros mais aparentes e sem elasticidade. 

Uma etapa importantíssima no rejuvenescimento é renovar essa camada mais superficial da pele, melhorando a textura, devolvendo aquele glow que a gente ama, clareando manchas e atenuando linhas finas e rugas, deixando-a mais uniforme!

Podemos fazer isso com ácidos pra uso em casa, peelings, microagulhamento e lasers. A recuperação dos procedimentos vai variar de acordo com a intensidade da renovação que será feita.

 

✨REPOR✨

Ao longo dos anos, vamos tendo alterações nos compartimentos de gordura (que murcham e caem), na musculatura e até mesmo na nossa ossatura da face.

Para fazer um tratamento rejuvenescedor completo, repor essas perdas de gordura, modular a musculatura e simular as estuturas ósseas que sofrem absorção é preciso.  Além disso, temos ainda que repor o colágeno que perdemos na pele e produzimos cada vez menos.

Para isso, podemos utilizar preenchedores de ácido hialurônico (de diferentes tipos e densidades), biorstimuladores de colágeno como Radiesse e Sculptra e até mesmo enxerto de gordura (que eu particularmente gosto menos).

O resultado é um rosto com menos áreas de depressão, mais volume nas áreas certas e  pele mais firme.

 

E para finalizar,  precisamos do último item: 

 

✨REDEFINIR✨

O contorno facial vai perdendo a sua definição com o passar dos anos, pelas alterações que já discutimos: flacidez da pele e da musculatura, queda dos compartimentos de gordura e perdas ósseas, o que vai apagando e modificando o contorno do rosto, marcadamente na parte inferior.

Para ter um efeito “lift”, colocar esse contorno de volta no lugar e deixá-lo mais definido, temos recursos como preenchimento, bioestimuladores de colágeno, fios de sustentação absorvíveis, ultrassom microfocado, e até mesmo a cirurgia de lifting facial.

Os melhores resultados na busca de uma aparência mais jovem consistem em combinar diversas técnicas e diferentes procedimentos, buscando a melhor indicação e benefício em cada uma delas, de acordo com a individualidade, possibilidades e desejo de cada paciente. 

O objetivo é sempre um resultado elegante, harmonioso e natural!

Quem aí conhecia os 4 Rs do rejuvenescimento?

Leave a Reply

Pin It on Pinterest