fbpx
A infecção pelo Herpes vírus é muito frequente entre nós (afeta quase 90% da população adulta no mundo!), mas nem todos irão manifestar ao longo da vida. Alguns tem quadros isolados, outros tem esporadicamente e uma minoria (cerca de 10%) tem quadros recorrentes, o que traz bastante incômodo. 
 
Os surtos podem estgar relacionados a estresse, traumas locais, exposição solar e baixa da imunidade.
 
Agora prestem atenção: o correto é fazer tratamento com medicamentos antivirais ORAIS (em comprimidos) nos casos de herpes simples, labial ou genital, mesmo que não seja o primeiro episódio.
 
Nada de ir na farmácia e comprar pomada de Aciclovir e achar que esta tudo resolvido. O tratamento oral correto deve ser prescrito pelo seu médico, e ele irá também te orientar o que fazer se você tiver outro episódio e o que fazer para evitar as crises nos casos mais recidivantes.
 
Cada quadro de herpes não tratado (principalmente o herpes labial) pode evoluir para infecção do sistema nervoso central (cérebro, medula e ou as meninges) e ser bastante grave (causando encefalite, meningite, meningoencefalite…). 
 
Claro que é raro e maioria dos herpes vai evoluir super bem, mas por isso vale a pena tratar da maneira mais indicada, OK?

Leave a Reply

Pin It on Pinterest